LOADING
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Enquete
Você acredita que o prefeito eleito Itamar Barreto fará em Formosa uma administração:
 
Área VIp

.Últimas Notícias.

COLUNA POLÍTICA DO DIA 22 DE SETEMBRO/2014

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O)

Os prognósticos iniciais, feitos ainda no ano passado sobre o formosense Ernesto Guimarães Roller/PMDB, candidato a deputado estadual, estão se confirmando. Ernesto tem hoje a maioria das intenções de votos em Formosa e deverá mesmo ser na cidade o mais bem votado nessas eleições.

Na lista do PMDB goiano, Roller está ao lado de José Nelto, Waguinho Siqueira, Bruno Peixoto, Adib Elias, Paulo Cezar Martins, Nélio Fortunato e Lívio Luciano, para estar entre os mais bem votados do Estado. Para ser eleito, um candidato a deputado estadual peemedebista, precisa obter entre 25 mil e 30 mil votos.

Por outro lado, a candidata a deputada estadual Argentina Martins/PSDB, vem surpreendendo com o seu crescimento nas intenções de votos. Argentina tem mostrado o maior fôlego nessa campanha até aqui, realizando diariamente uma serie de eventos por toda a cidade. São caminhadas, carreatas e comícios que tem cada vez mais reunido pessoas de todas as classes sociais.

Quem meio que se apagou e não tem demonstrado ânimo na campanha para deputado estadual, é o ex-prefeito de Formosa, Pedro Ivo/PP. A não ser os incontáveis veículos adesivados com o nome e o número do candidato a um custo de 15 litros de gasolina por semana cada um, pouca tem sido a sua movimentação nos últimos dias. Hoje Pedro Ivo realizou uma mini carreata no Setor Ferroviário em Formosa.

O formosense Fabricio de Paiva/PRTB candidato a deputado estadual, também está sumido em meio as campanhas de seus adversários em Formosa. A explicação deve ser o fato de que Fabricio terá votos em muitas cidades do Estado e portanto tem viajado muito nessa campanha.

No pacote adquirido em Formosa pelo deputado estadual Iso Moreira/PSDB, candidato a reeleição, quando, segundo todos os boatos da cidade, teria comprado o apoio de seis vereadores formosenses, inclui também o criticado ex-secretário de Educação de Goiás, Thiago Peixoto/PSD, deputado federal e candidato a reeleição. Então na suposta aquisição financeira desses apoios estão Iso e Thiago.

As obras da Barragem do Bandeirinha estão paradas de novo. O eleitor formosense precisa saber que a maior obra, ora em construção pelo Estado de Goiás, com dinheiro do Governo Federal e uma das mais necessárias e aguardadas de Formosa, está parada novamente. Depois de alardeada pelo governador Marconi Perillo/PSDB, candidato a reeleição, que chegou a inaugura-la em ocasiões dispendiosas para o contribuinte a obra parou e não tem previsão de ser retomada.

 

Última atualização (Seg, 22 de Setembro de 2014 20:56)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 18 DE SETEMBRO/2014

 

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O

O assunto que ainda não se esgotou, sobre o oportunismo de candidatos com domicilio eleitoral fora de Formosa é necessário. “Apenas as pessoas que ganharam ou que estão ganhando dinheiro com esses candidatos é que são contrários à ideia de se votar em quem é daqui.” Essa é a opinião de um vereador de primeiro mandato, que apoia um candidato a deputado estadual formosense.

Um leitor dessa coluna afirmou que as pessoas dos municípios que tenham eleitores suficientes pra eleger um ou mais deputados, devem ter a consciência da importância do voto local. “A atitude de vereadores em subestimarem a inteligência popular e de fazerem o que bem entender com seus mandatos, necessita de uma reação“. Essa é a opinião de uma centena de pessoas ouvidas por essa editoria.

“Assim como os seis vereadores, encabeçados por Nélio Marques/PSD e Jurandir de Oliveira/PR, que perderam créditos, em apoiar os chamados oportunistas, em detrimento aos bons candidatos formosenses, pessoas que nunca tiveram crédito e que estão no embalo desse calote eleitoral, precisam saber que tudo tem um preço”. Essa também é a opinião de pessoas experimentadas no jogo político.

Em Mambaí, cidade onde nasceu o deputado estadual, candidato a reeleição, Iso Moreira/PSDB, não tem o apoio do prefeito. Em Simolândia, onde mora e foi prefeito, ele também há anos, não tem o apoio dos prefeitos. Essa informação serve para ilustrar o cuidado que o eleitor precisa ter ao ser sugestionado por vereadores e pessoas sem compromisso com o futuro de Formosa, que estão nas ruas da cidade pedindo votos para a sua reeleição.

O prefeito de Formosa, Itamar Barreto/PSD, esteve hoje em Brasília, reunido com a maioria dos prefeitos dos municípios que compõem a Região do Entorno, onde ouviu as propostas do candidato a governador do Distrito Federal, o ex-deputado e médico Jofran Frejat/PR. O governador de Goiás, candidato a reeleição, Marconi Perillo/PSDB, também esteve no encontro. Frejat, ao lado da candidata a vice, Flávia Peres/PR, mulher do ex-governador do DF, o impedido pela Justiça em se candidatar, José Roberto Arruda/PR, afirmou para Marconi e os vários prefeitos, que se eleito, fará convênios com os municípios dessa região em vários setores, principalmente os da Saúde e Segurança Pública.

 

Última atualização (Qui, 18 de Setembro de 2014 22:17)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 16 DE SETEMBRO/2014

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O)

Faltando 19 dias para as eleições desse ano, começa a se intensificar a presença dos candidatos a deputado estadual oportunistas, com domicílios em todas as regiões de Goiás, principalmente do Entorno de Brasília e de cidades menores do que Formosa. Os oportunistas mais conhecidos por aqui até o momento são Iso Moreira/PSDB, Gustavo Sebba/PSDB, Geraldo Messias/PP, Lêda Borges/PSDB e tantos outros, que apesar de não estarem cometendo crime nenhum ao pedirem votos em cidades desconhecidas, precisam ser identificados pelo eleitor.

A grande maioria de candidatos oportunistas em Formosa são alojados no Partido da Social Democracia Brasileira/PSDB, o mesmo do governador Marconi Perillo, que tem dentro de seu grupo, pessoas que pulverizaram candidaturas com o objetivo de não eleger um formosense e ao mesmo tempo reforçar as candidaturas para o governo, Senado e câmara federal.

A campanha orquestrada em Formosa nessas eleições, com a diluição de candidaturas sem objetivo positivo, visando não eleger ninguém é o assunto mais comentado nas rodas políticas de quem entende da matéria. Para muitos analistas essa estratégia só beneficia um pequeno grupo em Formosa, no máximo de 20 pessoas, que planejam continuar comandando as ações do governo estadual no município e na região.

Segundo esses mesmos analistas a realidade mostra que o maior beneficiário da não eleição de alguém que represente Formosa em Goiânia é de fato o ex-prefeito Sebastião Monteiro Guimarães Filho, o “Tião Caroço”, que há anos controla os atos dos sucessivos governos de Marconi Perillo e também do ex-governador Alcides Rodrigues em Formosa e em outros municípios da região.

Ainda nesse assunto. Para todas as pessoas ouvidas por essa editoria, “Formosa só irá criar outra perspectiva, quando ela se livrar dessas pseudas lideranças, que em várias situações, controlam com mãos de ferro os destinos de muita gente”.

Quem esteve em Formosa hoje foi o ministro do Desenvolvimento Agrário, Laudemir Müller, que ao lado do prefeito Itamar Barreto, visitou o Assentamento Água Fria, onde entregou benefícios às mulheres do meio rural e lançou o Plano Safra 2014/2015.

 

Última atualização (Ter, 16 de Setembro de 2014 20:30)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA O8 DE SETEMBRO/2014

(E. X. C. L. U. S. I. V. O)

• Diferenças entre os governos dos estados do Tocantins e de Goiás nessa campanha eleitoral. Enquanto no Estado vizinho o Palácio dos Girassóis veicula em todos os seus sites oficiais a informação de que decidiu suspender a publicação de qualquer conteúdo noticioso de todas as pastas que compõem a administração durante os 3 meses que correspondem ao período eleitoral em Goiás é diferente. O Palácio das Esmeraldas usa o site governamental para fazer propaganda das ações do governo, que tem um governador candidato a reeleição.

• Marina "teflon". Preocupados com o crescimento nas pesquisas da candidata a presidente Marina Silva/PSB, adversários partem para o ataque usando de todas as armas. Só esqueceram de uma coisa: Marina é igual a teflon; nela não gruda nada. Pelo menos até agora.

• O candidato a deputado federal Giuseppe Vecci/PSDB, esteve pela segunda vez no palanque de um candidato a deputado estadual em Formosa. Primeiro na inauguração do comitê do ex-prefeito, Pedro Ivo/PP e na sexta-feira passada no lançamento da campanha da vice-prefeita, Argentina Martins/PSDB. Candidato do ex-prefeito “Tião Caroço” e do governador Marconi Perillo/PSDB, Vecci tem quase que a obrigação de ser o mais votado em Formosa nessas eleições.

• Por falar em “Tião Caroço”. Ele não se apresenta diretamente nas campanhas eleitorais por conta do cargo que exerce no Tribunal de Contas dos Municípios, que impede e pune filiações partidárias e militância política de seus conselheiros. Mesmo impedido o ex-prefeito de Formosa envia um dos seus filhos, Júlio Guimarães, como forma de mostrar seu apoio. Mas acontece que, não se sabe por que o filho Júlio, que ocupa cargo de chefe de gabinete na Agência Goiana de Desenvolvimento Regional, em todos os eventos políticos dos quais participa, chega mudo, entra mudo e sai calado.

• Observadores políticos avaliam como mal intencionada a estratégia do grupo de apoio à reeleição do governador Marconi Perillo em Formosa. De novo não priorizaram a eleição de um representante formosense na assembleia legislativa, ao lançarem dois nomes extremamente ligados ao ex-prefeito “Tião Caroço” (Argentina e Pedro Ivo). Por outro lado, priorizaram a eleição do candidato a deputado federal Vecci. Tudo está sendo feito para que o candidato federal se beneficie com os votos dos formosenses, enquanto antigos companheiros se “digladiam” na luta por dinheiro para as campanhas e os votos.

• Dois candidatados a deputado estadual de Formosa devem se encontrar em evento político no Centro de Tradições Gaúchas/CTG, durante a passagem do deputado federal e candidato a senador Ronaldo Caiado/DEM. Fabricio de Paiva e Ernesto Roller foram convidados.

• Essa coluna faz a correção de uma matéria publicada na última edição impressa do JORNAL TRIBUNA NEWS, quando informa que o partido do vereador formosense, Gustavo Marques é o PSB. Na verdade Gustavo é do PROS. O erro pára ai. No restante, quanto ao apoio dele a Fabrício de Paiva e Eurípides Júnior a matéria está correta.

 

Última atualização (Seg, 15 de Setembro de 2014 11:57)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 04 DE AGOSTO/2014

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O)

A cerca instalada em torno da principal Praça de Formosa, Rui Barbosa é o inicio de sua revitalização, obra solicitada pelo prefeito Itamar Barreto/PSD e autorizada pelo então secretário de Planejamento do Estado e hoje candidato a deputado federal Giussepe Vecci /PSDB.

O ex-prefeito de Formosa e candidato a deputado estadual, Pedro Ivo de Campos Faria/PP, e o seu ex-secretário de Administração, Abílio Siqueira, estão processando na Justiça uma emissora de rádio local e o Jornal Tribuna News, editado por esse jornalista, que divulgou à exemplo da grande mídia estadual e nacional o desdobramento da Operação Miquéias, desenvolvida pela Policia Federal/PF em setembro do ano passado. Nela a PF investigou, descobriu e divulgou irregularidades no Formosaprev. Na época Pedro Ivo era o prefeito e Siqueira, que chegou a ser conduzido pelos policiais federais à superintendência da PF em Brasília, era o secretário de administração e gestor de todo o dinheiro do Formosaprev.

O candidato Pedro Ivo que é réu em várias ações promovidas pelo Ministério Público de Formosa e também de Luziânia, por atos de improbidade administrativa, só conseguiu seu registro de candidatura no Tribunal Regional Eleitoral/TRE-GO, por ainda não ter sentença condenatória confirmada por um colegiado de juízes. Por outro lado já possui sentenças prolatadas pela Justiça da Comarca de Formosa, que hoje estão em trâmite no Tribunal de Justiça em Goiânia.

Esses fatos o eleitor não ouviu e ainda não viu explicações ou satisfações do candidato a deputado estadual Pedro Ivo, que até o momento só pede votos, já que agora quer uma cadeira de representante do formosense na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

Os comitês eleitorais dos candidatos a deputado estadual, Fabricio de Paiva/PRTB e de Ernesto Roller/PMDB, são quase que vizinhos na Avenida Brasília, em Formosa. Fabricio fica ao lado do Supermercado Serve Bem e Ernesto em frente ao Tênis Clube.

Cresce em Formosa o movimento contra o voto a candidatos de outras cidades e contra a atitude de vereadores de apoiarem candidatos a deputado estadual com domicilio eleitoral em outros municípios. O movimento é direcionado, principalmente ao vereador Nélio Marques/PSD, que recentemente desistiu da candidatura a deputado estadual e passou a apoiar a reeleição do deputado estadual Iso Moreira/PSDB, que é de Simolândia e que nas últimas eleições em 2010, obteve em Formosa 466 votos.

Os boatos de que alguns vereadores de Formosa receberam dinheiro para apoiar candidatos de fora só crescem na região. Para muita gente não se justifica o apoio de representantes da população a candidatos que não representam essa mesma população.

Assim que chegou do litoral da Bahia, onde estava de férias o ex-candidato a deputado estadual e vereador de Formosa Nélio Marques, realizou em sua casa uma reunião para apresentar os deputados federal, Thiago Peixoto/PSD e estadual, Iso Moreira. Segundo postou no Facebook, Nélio afirma que foram 503 companheiros, mas segundo informações de quem estava lá, não passaram de 100 pessoas na reunião.

Segundo o vereador Jurandir Oliveira/ PR, estavam na reunião na casa de Nélio Marques apoiando e pedindo votos para Thiago e Iso, os vereadores “Emilio do Raio X” e Divino Ramos, ambos do Solidariedade, além de Antônio Faleiro/PSDB.

Formosa vive hoje o seu pior momento na área de esportes, sem praças esportivas, incentivos e torneios. Apresentada como secretária municipal de Esportes , Gildênia Elias, esposa do vereador Nélio Marques é na verdade uma diretora de esportes, já que nunca foi efetivada no cargo e seu salário não é o de uma secretária municipal. Mesmo assim, segundo comentários de dentro da secretaria, começa a usar a estrutura da pasta para pedir votos para os candidatos de seu marido.

Os candidatos a deputado estadual Francelino Gomes Júnior o popular “Júnior dos Cocos” /PDT e Cassio Cruz/PEN, tocam suas campanhas de forma modesta e dentro de suas possibilidades.

O prefeito de Posse, segundo maior colégio eleitoral do Nordeste goiano com pouco mais de 23 mil votos, José Gouveia/PROS, bem que pensou em apoiar a reeleição do governador Marconi Perillo/PSDB, mas por conta das circunstâncias políticas em seu município, foi obrigado a ficar com o candidato a governador Iris Rezende/PMBD. Aliado do ex-candidato ao Governo de Goiás, “Júnior do Friboi”, Gouveia é um dos únicos prefeitos do Nordeste goiano que não estão na campanha de Marconi.

 

 

Última atualização (Qua, 06 de Agosto de 2014 00:29)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 24 DE JULHO/2014

*(E. X. C. L. U. S. I. V. O)

· Em Formosa a candidatura a deputado estadual do vereador de primeiro mandato, Nélio Marques/PSD, não existe mais. Nélio que na opinião de muitos observadores políticos, foi longe demais em seu projeto de candidatura a deputado, desistiu e passa a apoiar o deputado estadual, candidato a reeleição Iso Moreira/PSDB, que agora fará uma dobradinha com o deputado federal, candidato a reeleição, Thiago Peixoto/PSD em Formosa.

· A história do apoio de Nélio Marques a Iso Moreira e sua desistência está cercada de boatos. Seis dos dezessete vereadores de Formosa declararam de forma repentina, com exceção de Jurandir de Oliveira/PR o apoio a candidatura a reeleição do deputado estadual Iso Moreira. Boatos nas ruas da cidade e de cidades vizinhas, denunciam que a adesão múltipla custou a Iso Moreira, ex-prefeito da pequena Simolândia, 20 mil reais para cada vereador formosense. Sendo que Nélio Marques teria recebido 30 mil a mais que seus colegas, ou seja, 50 mil reais, por ter deixado a disputa.

· Os seis vereadores de Formosa desistiram de apoiar um nome da cidade, para reforçar a candidatura de uma pessoa de fora. Segundo o vereador Jurandir de Oliveira, primeiro a declarar apoio a Iso Moreira, ainda no ano passado a articulação para a adesão dos outros cinco vereadores vem acontecendo há três meses. Segundo Jurandir o motivo foi a fraca atuação de todos os candidatos a deputado estadual da base do governo de Marconi Perillo em Formosa. Ele diz que a reeleição de Iso Moreira dará aos formosenses um representante em Goiânia, que poderá ser cobrado.

· Os vereadores que fazem parte do grupo de opio a reeleição de Iso Moreira são: O presidente da câmara, Jesulindo Castro/PSD, Jurandir de Oliveira/PR, “Emilio do Raio X”/Solidariedade, o suplente “Didi do Bonito”/PTB, o licenciado e hoje secretário de Segurança Pública do município, Divino Ramos/ Solidariedade e Nélio Marques/PSD. Segundo Jurandir, que está à frente desse grupo, outro vereador também deverá anunciar apoio a Iso nos próximos dias.

· O formosense e ex-deputado estadual Mário Filho e sua irmã a ex-vice-prefeita e atual subsecretária de Educação, Marilia Magalhaes, trabalham nos bastidores para a consolidação do forte apoio de vereadores e outras lideranças de Formosa a reeleição do ex-prefeito de Simolândia, que segundo previsões otimistas, deverá obter nas urnas de Formosa algo em torno de 5 mil votos.

· Quanto a candidatura a deputada estadual da atual vice-prefeita de Formosa, Argentina Martins/PSDB, essa coluna havia dito na terça-feira, dia 22 de julho, que o ex-prefeito de Formosa, Jair Gomes de Paiva, deixaria de apoiar seu sobrinho, Fabrício de Paiva/PRTB para apoia-la. Isso não é verdade. A informação foi repassada de forma equivocada pelo filho de Jair, Gustavo de Paiva e hoje o próprio Jair entrou em contato com o titular dessa coluna para afirmar que seu apoio e de seu grupo é sim para Fabricio.

 

Última atualização (Qui, 24 de Julho de 2014 20:37)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 17 DE SETEMBRO/2014

(E. X. C. L. U. S. I. V. O)

 

· No final do ano passado o deputado estadual, candidato a reeleição Iso Moreira/PSDB, foi comunicado com antecedência de que receberia o título de cidadão formosense. No dia da entrega não compareceu à solenidade promovida pela Câmara de Vereadores. Na mesma ocasião, várias pessoas, entre elas o empresário e ex-pré-candidato ao Governo de Goiás José Batista Sobrinho o “Junior do Friboi”/PMDB, compareceu e foi homenageado.

 

· O comentário geral dos dias seguintes ao evento foram os de que Iso Moreira mostrou seu pouco interesse por Formosa ao dar prioridade a outros compromissos no dia de receber o título de cidadão.

 

· Segundo o vereador Jesulindo de Castro/PSD, atual presidente do Legislativo formosense, que apoia nessa eleição a candidatura a deputado estadual de Fabrício de Paiva/PRTB, seu apoio é motivado pelo fato de Fabricio ser formosense e de boa família. Além disso, a vontade popular também foi levada em consideração, uma vez que o desejo de todos é eleger um filho de Formosa para a assembleia legislativa.

 

· Os casos dos vereadores de Formosa, Nélio Marques/PSD, Antônio Faleiros/PSDB, “Emilio do Raio X”/ SDD, o suplente “Didi do Bonito”/PTB o novato Hermes Ferreira da Costa/SDD e ainda Jurandir de Oliveira/PR, partido controlado nacionalmente pelo presidiário Valdemar da Costa Neto e o mesmo do ficha suja, José Roberto Arruda, não serão esquecidos facilmente. São eles que em meio ao clamor da população formosense em eleger, depois de anos um deputado estadual, resolveram apoiar um candidato de outra cidade, segundo boatos recorrentes das ruas a troco de dinheiro.

 

Última atualização (Qua, 17 de Setembro de 2014 23:03)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 15 DE SETEMBRO/2014

(E. X. C. L. U. S. I. V. O)

· Finalmente se fez justiça no caso da candidatura do ficha suja o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda/PR. Hoje venceu o prazo dado pela Justiça Eleitoral do DF ao partido para que apresente um novo nome para a disputa desse ano. É bom lembrar que o presidente nacional do Partido da Republica/PR é o ex-deputado federal, Valdemar da Costa Neto, que está preso na Papuda em regime semiaberto. Ele teria participado de reunião na casa de Joaquim Roriz para decidir o futuro da candidatura de Arruda. Condenado pelo Supremo Tribunal Federal no processo do mensalão, Valdemar que é o dono do PR continua traçando estratégias eleitorais e participando, de dentro da cadeia, das decisões do partido.

· Duro foi ver advogados, empresários e vereadores de Formosa, além da cúpula da administração municipal formosense, participando de eventos de apoio a candidatura de Arruda, que para todas as estâncias da Justiça brasileira é um criminoso.

· Arruda foi preso pela Polícia Federal quando governou o DF, entre 2006 e 2010 e vinha enfrentando uma batalha judicial para conseguir permanecer na disputa deste ano por ter sido enquadrado como “ficha suja”. O ex-governador é suspeito de envolvimento com esquema de compra de apoio político conhecido como “mensalão do DEM”, partido ao qual era filiado quando chefiou o DF.

· Do PR em Goiás existem Magda Mofatto, candidata a deputada federal e Cláudio Meirelles, Álvaro Guimarães, Jose Lopes, Charles Pacheco, Irair Canedo, Cicinho, Eliane Mariano, além de Igê Maria, candidatos a deputado estadual, todos do partido comandado por um presidiário.

· O candidato a deputado estadual Ernesto Roller/PMDB, depois de receber em Formosa nesse final de semana o candidato a deputado federal, Lucas Vergílio/SDD e de realizar várias visitas na cidade, viajou hoje de manhã para Monte Alegre de Goiás, no Nordeste goiano. Ernesto tem hoje ainda em Formosa reuniões agendadas com membros da Maçonaria. Segundo o candidato, nessas eleições, serão necessários algo em torno de 17 mil votos para ele se eleger. Lembrando que na última eleição que disputou para deputado estadual, Ernesto obteve 42 mil votos e para prefeito de Formosa foram 23 mil votos em 2012.

· A candidata a deputada estadual, Argentina Martins/PSDB é quem até o momento, nessa campanha, tem mais se aproveitado do corpo a corpo com o eleitor de Formosa. Hoje a candidata realizou mais uma caminhada, dessa vez no Jardim América e amanhã realiza uma carreata a partir de 17 horas, saindo da Primavia no Setor Sul, passando pelo Pantanal, Setor São Bendito e terminado na expansão do Parque Lago. Ainda amanha às 19hs:30min, comício no Setor Padre José e logo depois as 20hs:30min, outro comício no Jardim Oliveira.

 

 

Última atualização (Seg, 15 de Setembro de 2014 23:39)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 05 DE AGOSTO/2014

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O)

· Sepultada hoje a tarde a primeira tabeliã de Formosa e mulher mais velha da cidade e região com 109 anos. Maria Augusta Lôbo, “Dona Sinhá”, viveu mais de um século de forma digna e lúcida, acumulando conhecimentos e conquistas ao longo da vida. Seu velório reuniu pessoas dos mais diversos segmentos.

· Desembarcou hoje no Aeroporto de Formosa o deputado federal e candidato a senador, Vilmar Rocha/PSD. Ele esteve na cidade, por menos de uma hora, exclusivamente para participar do velório de Maria Augusta, aonde chegou acompanhado do prefeito Itamar Barreto/PSD e do advogado Luiz Antônio Domingues Guimarães, secretário municipal de Assuntos Jurídicos.

· Após um longo processo investigatório, por meio de uma comissão parlamentar de inquérito e posteriormente criada a comissão processante no temo do Decreto Lei 201 a Câmara de Vereadores de Formosa cassou na tarde desse dia 5 de agosto o mandato do ex-vereador Natanael Caetano/PDT.

· Para os vereadores da comissão que processou os motivos que levaram Caetano a cair foram vários e todos lidos no plenário. Entre eles o exercício ilegal da profissão de advogado, utilização do mandato para intimidar uma médica do Hospital Municipal de Formosa e exercício arbitrário das próprias razões, ao derrubar uma casa em Formosa, utilizando estrutura da prefeitura na legislatura passada, quando fazia parte da base do ex-prefeito Pedro Ivo.

· Outro argumento dos vereadores que tiraram o mandato de Caetano foi o fato de o vereador cassado ter por mais de uma vez, utilizado trios elétricos em praça pública para difamar agentes políticos e os próprios colegas vereadores. No final de toda a apuração feita pelo Ministério Público, ficou constatado que tudo não passava de denúncias vazias.

· Caetano conseguiu adiar sua cassação por algum tempo, por meio de liminar que foi revogada pala mesma juíza que a concedeu, decisão judicial que rapidamente foi referendada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás.

· Na avaliação de alguns observadores políticos em Formosa a decisão tomada pela maioria dos vereadores quanto a cassação de Caetano, pode ser questionada. Alguns entendem que o vereador cassado pode voltar por meio de decisão judicial. Já outros entendem que a peça jurídica trabalhada pelo advogado Luiz Brasil Corrêa e pela assessoria jurídica da câmara, liderada pelo advogado Edimundo da Silva Borges Junior não dá margem para mandados de segurança que Caetano possa requerer.

· Advogados experientes explicam que a decisão tomada hoje pelo Legislativo Municipal de Formosa, em cassar o mandato de um vereador é soberana e não pode ser objeto de analise do Judiciário, tendo em vista o principio constitucional da independência dos poderes. Por outro lado a única maneira do cassado Caetano reaver o mandato seria por meio de uma falha jurídica cometida pelos advogados que trabalharam no processo.

· * OBS: AMANHÃ ESSA COLUNA VOLTA A PUBLICAR O DIA-A-DIA DOS CANDIDATOS DE FORMOSA E REGIÃO, COM O OBJETIVO DE ESCLARECER E COLOCAR OS LEITORES A PAR DAS AÇÕES POSITIVAS E NEGATIVAS DOS POSTULANTES AOS CARGOS E DE SEUS APOIADORES, PARA QUE ASSIM POSSAM TER MELHORES CONDIÇÕES DE DAR SEU VOTO.

 

Última atualização (Qua, 06 de Agosto de 2014 00:29)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 26 DE JULHO/2014

* (E. X. C. L. U. S. I. V. O)

· Dois dos vereadores formosenses que declararam apoio a reeleição do deputado estadual Iso Moreira/PSDB, são do Partido Solidariedade, que faz parte da coligação Amor por Goiás, encabeçada pelo PMDB, que tem como candidato a governador, Iris Rezende. “Emilio do Raio X” e Divino Ramos, ambos fazem parte do grupo de seis vereadores, que terão de trabalhar tanto para Iso como para o deputado federal, candidato a reeleição Thiago Peixoto/PSD, da coligação “Garantia de um futuro melhor para Goiás”, encabeçada pelo governador Marconi Perillo.

· Os incessantes boatos em torno de denúncias de compra e venda de apoio politico em Formosa, onde seis vereadores estão no meio de uma suposta negociata, será peça de denúncia junto ao Ministério Público Eleitoral de Goiás, que deverá apurar se de fato tudo não passa de boatos.

· Repercutiu muito mal a decisão do presidente da Câmara de Vereadores de Formosa, Jesulindo de Castro/PSD, do atual líder do prefeito na câmara, Nélio Marques/PSD, ambos são do mesmo partido do prefeito Itamar Barreto e também do atual secretário municipal de Segurança Pública, Divino Ramos, ocupante de um cargo de confiança dentro da prefeitura de apoiarem um candidato a deputado estadual que não é de Formosa e nunca vai ser.

· De um hotel em ilhéus na Bahia, onde está descansando o vereador Nélio Marques justificou sua desistência de concorrer a uma vaga de deputado estadual e seu apoio a Iso Moreira. Ele afirma que perdeu duas cidades (Cabeceiras e Santo Antônio do Descoberto), que iriam apoia-lo e que só Formosa não seria suficiente para elegê-lo. Com isso o grupo político que o apoia decidiu reforçar a candidatura dos deputados Iso e Thiago Peixoto. Nélio disse ainda que o deputado estadual Iso é o único que tem condições de ser eleito na região e que o Thiago deve estar entre os mais votados a deputado federal do Estado.

· Outro vereador envolvido nos boatos de venda de apoio politico, Jurandir de Oliveira também se manifestou sobre o assunto, depois que essa coluna pediu explicações sobre os comentários que invadiram Formosa e região. Segundo Jurandir, trata-se de boatos levianos, imorais, infundados e sem nenhuma credibilidade. Ele afirma que em Formosa se apresentam vários candidatos a deputado estadual, pelo menos oito nomes registraram candidaturas, pessoas que são naturais ou erradicadas no município, todos com nomes honrados e merecedores de confiança e que com certeza querem o melhor para a cidade. Ele disse que uma composição política e a formação de um grupo para determinado candidato, faz parte da estratégia política que cada um adota buscando o êxito para aquilo que ele está determinado. E finalizou afirmando que tudo o que quer é que Formosa tenha sim um, ou por que não, mais de um representante e que todos os vereadores de Formosa, em especial os vereadores que estão compondo o grupo de apoio aos deputados Iso Moreira e Thiago Peixoto, estão atentos e com o compromisso de cobrar os compromissos assumidos com Formosa.

 

Última atualização (Sáb, 26 de Julho de 2014 20:12)

 

COLUNA POLÍTICA DO DIA 21 DE JULHO/2014

O deputado federal pelo PMDB com votos recebidos em Formosa desde 1994, Pedro Pinheiro Chaves, não fará mais a dobradinha anunciada com o candidato a deputado estadual Ernesto Guimarães Roller/PMDB, que apresentou, durante reunião de seu partido, realizada no sábado, dia 19 o candidato Lucas Vergílio / SD (Partido Solidariedade). Desconhecido em Formosa e em toda a região Nordeste do Estado, Lucas é filho de Armando Vergílio, candidato a vice-governador na chapa de Iris Resende Machado/PMDB.

Anunciada como reunião de trabalho, para os membros do partido, o encontro do PMDB em Formosa, realizado no auditório do “Coleginho” foi rápido e serviu também para mostrar figuras formosenses que conseguem sobreviver politicamente muito bem na oposição ao governo Marconi Perillo.

O candidato a deputado estadual Ernesto Roller/PMDB, afirmou durante encontro de seu partido em Formosa que a “oposição a ele lançou oito candidaturas para derrubá-lo”. O que não é verdade. Falando assim Ernesto deixa transparecer que ele deveria ser candidato único dos formosenses, quando na verdade a Constituição Federal e a Legislação Eleitoral dá direito a todo cidadão de ser candidato. Assim estabelecido por lei quanto a idade mínima: Presidente, vice-presidente e senador, 35 anos. Governador e vice-governador, 30 anos. Deputado federal, deputado estadual, deputado distrital, prefeito e vice-prefeito, 21 anos e para vereador, idade mínima de 18 anos.

O deputado federal e candidato a reeleição Pedro Chaves, que mesmo sendo oposição ao Governo do Estado, foi na eleição de 2010 o mais votado em Formosa, tem pela frente o desafio de mostrar que é bom de voto, mesmo sem dobrar com nenhum candidato a deputado estadual no maior colégio eleitoral da região.

Um dos maiores comentários políticos nesse final de semana em Formosa e que contínua é o anúncio do apoio do ex-prefeito de Formosa e candidato a deputado estadual, Pedro Ivo/PP ao candidato a deputado federal Giuseppe Vecci/PSDB. O intrigante desse fato é que a atual vice-prefeita e candidata a deputada estadual, Argentina Martins/PSDB foi quem anunciou primeiro a dobradinha com Vecci.

O ex-secretário de Gestão e Planejamento de Goiás, Giuseppe Vecci, candidato escolhido pelo ex-prefeito “Tião Caroço”, ainda deve muito a Formosa e região. É dele as promessas de investimentos e benefícios que ainda não foram concretizados na maioria dos munícipios do Nordeste goiano.

Chamada de manobra politica o apoio de dois candidatos a deputado estadual de Formosa a um só candidato a deputado federal, na avaliação de todas as pessoas ouvidas só beneficiará o próprio Vecci.

O Partido dos Trabalhadores de Formosa realizou no domingo, dia 20, evento de inauguração de comitê de campanha do candidato a deputado federal Olavo Noleto. O PT que se mantem no município dividido em grupos, parece que se une em torno de apenas dois nomes. O de Noleto e o de Antônio Gomide para o governo de Goiás.

 

Última atualização (Qui, 24 de Julho de 2014 20:38)

 




Clima

Pessoas oline
Nós temos 12 visitantes online